ANÁLISES DA RADIAÇÃO DE ONDA CURTA E ONDA LONGA NA AMAZÔNIA

Ailton Marcolino Liberato, Fernando Luiz Cardoso

Resumo


Este trabalho mostra as variações dos componentes do balanço de radiação em áreas de floresta e pastagem na região Amazônica (estação seca e chuvosa). Os dados foram coletados durante a execução do Projeto Experimento de Grande Escala da Biosfera-Atmosfera na Amazônia, cuja base experimental foi a Fazenda Nossa Senhora Aparecida (10º 45'S; 62º 22'W) área de pastagem e Reserva Biológica do Jaru (10º11’S; 61º52'W) área de floresta no Estado de Rondônia. A radiação de onda curta, onda longa e saldo de radiação foram medidos através de piranômetros CM21, pirgiômetros CG1 (Kipp & Zonen, Delft, Holland) e saldo radiômetro (REBS, Seattle, EUA), respectivamente. Os resultados mostram que substituição de áreas de floresta por pastagem reduz o saldo de radiação à superfície. Durante a estação chuvosa, a radiação de onda curta incidente é maior, e durante a estação seca a radiação de onda curta refletida é maior.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES