GENESE DA SUPERFÍCIE EROSIVA EM AMBIENTE SEMI-ÁRIDO - MILAGRES/BA: CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES

Jémisson Mattos dos Santos, André Augusto Rodrigues Salgado

Resumo


A gênese das superfícies de aplainamento sempre constituiu assunto polêmico no âmbito da geomorfologia. Tal aspecto é fruto da diversidade de teorias que tentam explicar como os processos erosivos podem, ao longo do tempo geológico/geomorfológico, arrasar o relevo de amplas regiões, criando superfícies planas ou quase planas, independente do substrato ou da estrutura das camadas. No entanto, apesar da grande variedade de teorias que tentam explicar a gênese destas superfícies, estas podem ser consideradas em dois grupos: (i) Climáticos e; (ii) Estruturais. Este estudo realiza uma análise dedutiva e preliminar da aplicabilidade de modelos teóricos na explicação da gênese da paisagem de Milagres/BA. Neste contexo, o modelo que melhor explica a formação de tal paisagem é a teoria do aplainamento climático

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.