LINEAMENTOS DE DRENAGEM E DE RELEVO COMO SUBSÍDIO PARA A CARACTERIZAÇÃO MORFOESTRUTURAL E REATIVAÇÕES NEOTECTÔNICAS DA ÁREA DA BACIA DO RIO PRETO, SERRA DO ESPINHAÇO MERIDIONAL – MG

Antonio Carlos de Barros Corrêa, Drielly Naama Fonseca

Resumo


O artigo tem por objetivo analisar os lineamentos de drenagem e relevo através de produtos de sensoriamento remoto (Modelos Digitais do Terreno (MDT), extraídos de imagens SRTM – Shuttle Radar Topography Mission, como subsídio para a caracterização da compartimentação morfoestrutural da área da Bacia do Rio Preto – Serra do Espinhaço Meridional, MG a partir da extração dos trechos retilíneos de relevo, onde se pode obter o direcionamento das principais feições estruturais da área. Neste contexto, foi possível estabelecer correlações entre as feições retilíneas na caracterização morfoestrutural da área com possíveis reativações neotectônicas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.