UTILIZAÇÃO DA ESTRATIGRAFIA E PALINOLOGIA DO QUATERNÁRIO PARA A CARACTERIZAÇÃO PALEOAMBIENTAL DE DEPÓSITOS ALÚVIO-COLUVIAIS: PLANALTO DE SÃO BENTO (SC)

Gisele L. Lima, Marcelo A. T. Oliveira, Soraia G. Bauermann

Resumo


A integração da análise estratigráfica à análise palinológica permite a caracterização paleoambiental de ambientes de sedimentação alúvio-coluvionar. O presente trabalho demonstra, através da apresentação da estratigrafia, de dados físicos (cor da matriz, textura ao tato, estrutura, tipo de contato e análise granulométrica) e químicos (teor de matéria orgânica) obtidos para seção levantada em área planáltica de Santa Catarina, o potencial de depósitos alúvio-coluviais para estudos palinológicos, possibilitando a geração de quadro paleoambiental mais amplo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES