MAPEAMENTO DE FEIÇÕES EROSIVAS E CICATRIZES DE ESCORREGAMENTO POR UNIDADES DE RELEVO NA SUB-BACIA DO RIO SANA (MACAÉ – RJ)

Urubatan Nery de Castro, Sara Regina de Araujo Neves, Luiz Fernando Tavares Cardoso da Silva, Stella Peres Mendes, Antonio Jose Teixeira Guerra

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo mapear as feições erosivas e as cicatrizes de escorregamento a partir da análise e interpretação de imagens de sensoriamento remoto do satélite ALOS de 2008. No auxílio ao mapeamento das feições erosivas pela análise e interpretação das imagens foi feito um levantamento de campo, onde as feições e as cicatrizes foram identificadas. A área de estudo selecionada foi a Sub-bacia do rio Sana, localizada no município de Macaé - RJ. Por tratar-se de uma área de relevo escarpado com crescente intervenção humana, os problemas relacionados à degradação do solo se tornam preocupantes, tanto no sentido dos prejuízos humanos quanto materiais. O trabalho de mapeamento dessas feições e cicatrizes foi relacionado com as unidades de relevo compartimentadas dentro desta sub-bacia e com um mapa de uso e cobertura do solo, utilizando-se taxonomias condizentes com a escala 1:25.000.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.51359/2238-6211.2010.228896

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.