USO DAS TERRAS E DESENCADEAMENTO DE PROCESSOS DE DESERTIFICAÇÃO EM ÁREA DO SEMIÁRIDO BRASILEIRO

Valdiane Moreira Martins, Josandra Araújo Barreto de Melo

Resumo


Este trabalho teve como objetivo analisar como vem ocorrendo o uso/ocupação das terras na localidade Serraria de Cima, Caturité, PB, tomando-se como referência as áreas mais degradadas e discutindo as possíveis conseqüências da ação antrópica no local. Como estratégias metodológicas, foram realizadas pesquisas de campo, com observações das áreas degradadas, registros fotográficos e aplicação de questionários com produtores rurais da referida localidade. Observou-se a presença de muitas áreas desmatadas, principalmente nas imediações da Serra de Caturité, resultando na perda da diversidade de espécies; áreas de solo exposto, com a presença de feições erosivas como ravinas, sulcos e voçorocas, intensificadas pelo manejo inadequado do solo das áreas onde a população não faz uso de práticas conservacionistas. Dessa forma, o presente trabalho espera fornecer subsídios à gestão territorial, possibilitando a tomada de decisões capazes de reverter o quadro de degradação ambiental encontrado, minimizando os riscos à desertificação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.