USO DAS GEOTECNOLOGIAS PARA A ANÁLISE DOS CONFLITOS SOCIOAMBIENTAIS A PARTIR DO ENFOQUE DA PAISAGEM, UM ESTUDO DE CASO DA BACIA DO RIO PITO ACESO, BOM JARDIM - RJ.

Gabriel Spínola Garcia Távora, Ana Paula Dias Turetta

Resumo


A proteção da natureza não é um fenômeno exclusivo dos dias atuais. A preocupação com a preservação dos recursos naturais já se constituía em um desafio para as sociedades antigas. Contudo, o impedimento no uso de vastas parcelas do território, em alguns casos, pode gerar diversos conflitos entre os diferentes atores que atuam em um determinado espaço. O presente trabalho apresenta um estudo de caso referente ao conflito resultante da incongruência entre usos da terra e a determinação da legislação para áreas de preservação permanente, tendo como recorte uma bacia hidrográfica localiza em uma região montanhosa, no município de Bom Jardim estado do Rio de Janeiro. Pretende-se com este trabalho contribuir com subsídios técnicos para a discussão e com o aprimoramento da legislação ambiental vigente, a fim de compatibilizar a produção agrícola familiar sustentável com preservação dos recursos naturais em áreas de montanha.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.51359/2238-6211.2014.229018

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.