O CONCEITO DE ESPAÇO E O ENSINO DE GEOGRAFIA: ESTUDO DE CASO COM ALUNOS DA 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

Helison Elconides Santos

Resumo


A presente pesquisa tem como pretensão estabelecer um diagnóstico sobre a concepção de espaço geográfico dos alunos do 9º ano do ensino fundamental. O foco da pesquisa foi o Colégio Estadual de Campo Mourão – Ensino Fundamental, Médio, Normal e Profissionalizante, que está localizado no centro da cidade. Através de trabalhos teóricos com bibliografias especializadas e trabalhos empíricos com aplicação de questionários em sala, buscamos entender quais são as concepções do espaço geográfico para estes estudantes e quais as principais dificuldades encontradas por eles na reflexão e análise do espaço em questão, tanto a nível local quanto a nível global. Por fim, perpetramos um comparativo entre as concepções apresentadas pelos alunos com as expectativas propostas pelos documentos oficiais, tais como a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e as Diretrizes Básicas Curriculares do Estado do Paraná para o ensino de Geografia, além do livro didático usado oficialmente pelo colégio para os trabalhos com o 9º ano do ensino fundamental. Após a aplicação do questionário de pesquisa e análise das respostas obtidas, percebeu-se que a concepção de espaço geográfico pelos alunos do 9º ano do ensino fundamental ainda apresenta-se bastante distorcida diante da proposta oficial das concepções oficiais propostas pelas diretrizes de geografia do Estado, além disso, a pesquisa revelou que boa parte do conteúdo exposto nos livros didáticos e absorvidos pelos alunos denotam a percepção de espaço geográfico como uma materialização estática subdivida em vários elementos, além de construir o sentido de geografia como uma ciência de síntese.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES