PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS MORFOMÉTRICA DO ALTO CURSO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARAIBA

Cláudia Fernanda Estevam, Hermes Alves de Almeida,

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo principal determinar as principais características morfométricas da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba, nos trechos denominados de alto curso do Rio Paraíba e sub-bacia do Rio Taperoá, delimitados pela latitude de 06º51’47’ a 08º18’12’’ S e longitude de 36º00’10’’ a 37º21’22’’ W, com área drenante de 12.389,14 km2.  As análises Linear, Areal e Hipsométrico foram determinadas utilizando-se o software ArcGis 9.3 que permitiu, em ambiente SIG, extrair os seguintes parâmetros morfométricos: área, perímetro, comprimento da bacia, comprimento do rio principal, densidade hidrográfica e de drenagem, índice de forma, amplitude altimétrica, padrão de drenagem, dentre outros. Os principais resultados mostraram que o alto curso do Rio Paraíba tem uma configuração geométrica retangular, comprimento do rio principal de 198 km, gradiente de canais de 0,59 % e sinuosidade retilínea. O padrão de drenagem, predominante, é dentrítica com densidade de 0,76 km/km². A hierarquia fluvial é de 6ª ordem e há 0,622 canais por cada km². A amplitude hipsométrica foi de 845 m, com cota maior de 1.170 m e menor de 325 m. O software ArcGis é uma eficiente tecnologia que permite caracterizar e quantificar os parâmetros morfométricos de uma bacia hidrográfica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.