A CRISE DO FORDISMO E A REESTRUTURAÇÃO DA INDÚSTRIA BRASILEIRA NOS ANOS 1990: UMA ANÁLISE A PARTIR DA TEORIA DA REGULAÇÃO

Marcos Kazuo Matushima

Resumo


Este artigo analisa as transformações ocorridas na indústria brasileira a partir da crise do fordismo e das transformações das normas e das convenções econômicas e sociais que regem o funcionamento do sistema capitalista. A base teórica da análise do papel das normas e convenções dentro do sistema capitalista baseia-se na chamada Teoria da Regulação, teoria de cunho econômico-estruturalista que deu origem a diversas análises na geografia, em especial as análises da Escola Californiana de Geografia, que aprofundou as discussões do papel das instituições, normas e convenções nos trabalhos de geografia econômica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES