ESTIMATIVA DA EVAPORAÇÃO USANDO O MODELO SISPAT

Irami Buarque Amazonas, Antonio Celso Dantas Antonino, Willames Albuquerque Soares, José Romualdo de Souza Lima, Suzana Maria Gico Lima Montenegro

Resumo


O modelo de transferência de água e calor no sistema solo-planta-atmosfera é de grande importância em diversas áreas do conhecimento. Vários modelos tem sido desenvolvido para descrever esses processos, mas poucos tem sido avaliados nas condições ambientais do nordeste brasileiro. O objetivo deste trabalho foi aplicar o SiSPAT (Simple Soil Plant Atmosphere Transfer Model), comparando valores experimentais obtidos para o solo considerados nu com a simulação. O SiSPAT é, basicamente, um modelo vertical unidimensional, forçado por series atmosféricas de temperature e umidade, velocidade do vento, radiação solar incidente, chuva e radiação solar de ondas longas. Os dados experimentais foram obtidos a partir do balanço hídrico e do balanço de energia-razão de Bowen, que foi realizado em uma fazenda particular no município de São João, no Agreste pernambucano. A simulação foi de 7 dias, de 11 à 17/11/2011 e, mesmo sem calibração, o modelo apresentou concordância aceitável com os dados experimentais observados nos fluxos na interface solo-atmosfera.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES