A GÊNESE DO CONCEITO DE MEIO

Carlos Francisco Gerencsez Geraldino

Resumo


Os sentidos atribuídos ao conceito de meio no discurso geográfico não são passíveis de serem compreendidos com razoável clareza se resumidos apenas a uma investigação de cunho epistemológico interno à ciência geográfica. Isso, pois, os significados atribuídos a esse conceito revelam-se anteriores a constituição de nossa ciência como disciplina acadêmica; adentrando a ela já com múltiplas conotações tramadas e advindas de outros campos do saber. De modo que o aglutinamento de significados sob o mesmo rótulo meio só é então apreendido se o captamos em seu transitar pelas diferentes áreas do conhecimento; verificando, assim, ponto a ponto, quais foram as alterações conceituais motivadas pela sua flagrante trajetória interdisciplinar. Nesse sentido, o presente texto tem o objetivo apresentar um exame sintético de como foi forjado o conceito de meio no pensamento científico anterior à sua definitiva adentrada no discurso da geografia acadêmica. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES