USO DOS RECURSOS HÍDRICOS DO AÇUDE JENIPAPEIRO - OLHO D’ÁGUA

Mayara Ferreira de Farias, Flávio Henrique de Araújo Pereira, Pedro Costa Guedes Vianna

Resumo


O objetivo deste artigo consistia em estudar o uso e distribuição das águas do açude Jenipapeiro (Buiú), localizado no município de Olho D’Água - PB. Os dados do quadro físico foram levantados em bibliografia geologia, hidrografia, sobre os tipos de solos, e sobre os dados da barragem junto à AESA e os do abastecimento urbano junto à CAGEPA, além de serem realizados trabalhos de campo. Ao final do trabalho constatou-se que os principais consumidores dos recursos hídricos do açude são: a CAGEPA, para o abastecimento urbano; as comunidades dos sítios “Riacho do Meio”, da “Tapera” e da “Cabeça do Boi”, para o abastecimento doméstico e alguns proprietários localizados nas várzeas do riacho do Catolé que utilizam a irrigação para produção de culturas de subsistência e algumas culturas comerciais de frutas irrigadas, notadamente banana, goiaba e coco, que abastecem os mercados locais, de Patos e Piancó. Conclui-se que a falta de interesse por parte das gestões municipais e estaduais na gestão hídrica das águas deste açude, promove o desperdício e demonstra a sua incapacidade e falta de vontade política em promover ou articular programas que visem o benefício e o desenvolvimento local.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.