A educação contextualizada no Semiárido brasileiro: entre desconstrução de estereótipos e construção de uma nova territorialidade.

Lalita Kraus

Resumo


A educação contextualizada nas escolas do Semiárido brasileiro prevê uma adaptação dos conteúdos escolares ao espaço geográfico, à cultura, à identidade e à especificidade do lugar, estimulando um processo de desconstrução de estereótipos e de construção de um novo olhar sobre o Semiárido. Trata-se de um processo de ressignificação e reorganização socioespacial. A contextualização do currículo escolar constitui uma luta simbólica e um movimento de construção de um novo dizer-verdadeiro acerca do Semiárido. Constroem-se sujeitos conectivos com o mundo que, a partir de uma dinâmica de desconstrução e construção de um novo olhar, identificam novas possibilidades de vida no lugar. A educação contextualizada se insere dentro de um novo paradigma de convivência com o Semiárido, cujo objetivo é promover um enfoque sistémico de planejamento e gestão territorial, tentando dar conta da complexidade desse território em todas as suas dimensões.

 

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES