PARÂMETROS BIOFÍSICOS NA DETECÇÃO DE MUDANÇAS AMBIENTAIS NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PAJEÚ

Eberson Pessoa Ribeiro, Ranyére Silva Nóbrega, Fernando de Oliveira Mota Filho, Elvis Bergue Moreira Mariz

Resumo


As análises espaciais e temporais dos diversos parâmetros biofísicos permitem detectar e avaliar no ambiente os impactos e as degradações decorrentes do uso e ocupação do solo, bem como orientar o estabelecimento de políticas de reversão em um quadro de degradação ambiental. Dessa forma, a presente pesquisa teve como objetivo identificar e analisar a dinâmica espaço–temporal dos parâmetros de albedo da superfície, NDVI, NDWI e temperatura de superfície na detecção de mudanças ambientais na bacia hidrográfica do rio Pajeú com aplicação de alguns componentes do algoritmo SEBAL. Para a obtenção de tais estimativas foram empregadas imagens MODIS para os anos de 2003, 2005, 2007, 2012, 2013 e 2014. Os resultados obtidos revelaram que a parte sul da bacia hidrográfica do rio Pajeú é a mais degradada, apresentando temperaturas mais altas, menor umidade e com risco de desertificação. Conclui–se que os parâmetros biofísicos avaliados pelo algoritmo SEBAL são eficazes e eficientes na compreensão da dinâmica dos padrões espaciais, temporais e espectrais de ambientes semiáridos como a bacia hidrográfica do rio Pajeú

Texto completo:

Sem título () PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES