TEMPERATURAS MÁXIMAS E MÍNIMAS ABSOLUTAS EM CIDADE DE PEQUENO PORTE: EXEMPLO DE JATAÍ-GO

Zilda de Fátima Mariano, José Ricardo Rodrigues Rocha

Resumo


O objetivo da pesquisa foi avaliar a temperatura do ar, máximas e mínimas absolutas, na área urbana de uma cidade de pequeno porte do Cerrado Brasileiro, Jataí-GO. A pesquisa teve como base metodológica a teoria do clima urbano de Monteiro (1976) e Monteiro e Sezarino (1990), abordando o subsistema termodinâmico considerando a temperatura do ar e correlacionando com a hipsometria, declividade, exposição das vertentes e o uso do solo. Para a coleta dos dados, foram instalados na área urbana da cidade 9 termohigrômetros, no período de agosto de 2013 a julho de 2014. Para a confecção dos mapas como: hipsometria, exposição das vertentes, uso da terra foram utilizados SIG Arcgis 10.1. Constatou-se que o valor máximo absoluto de temperatura foi de 43,1°C no P1, às 13h25m, em que o uso do solo influenciou os valores entre os pontos de coleta. Os menores valores de temperaturas mínimas também ocorreram em agosto, nos dias 28 e 29, sobe a atuação de uma frente estacionária, em que Jataí teve 4,9°C no P6, com muito baixa taxa de construção (1,1%) e alta taxa de vegetação (81,5%), além de ser localizado em fundo de vale

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES