APLICAÇÃO DO PROTOCOLO DE AVALIAÇÃO RÁPIDA DE RIOS DURANTE PERÍODO DE ESTIAGEM EM TRECHOS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIBEIRÃO DA AREIA, GOIÁS

Leonardo Batista Pedroso, Marlene Teresinha de Muno Colesanti

Resumo


Este trabalho tem como objetivo aplicar o Protocolo de Avaliação Rápida de Rios - PAR em uma bacia hidrográfica presente ao Sul do Estado de Goiás, cujo curso d’água principal é o Ribeirão da Areia, tendo suas águas e de seus afluentes em uso constante por distintas atividades, das quais, ressaltam-se aquelas ligadas às atividades agropecuárias. Para tal, além da revisão bibliográfica que sustentasse o arcabouço teórico do trabalho, foi realizada adaptação de distintos PARs, elencando-se treze parâmetros, que visam avaliar as condições e o grau de intervenção dos cursos d’água e seus respectivos entornos, por meio do tipo de ocupação das margens, situação da cobertura vegetal, extensão da mata ciliar, transparência e características do fluxo das águas, entre outros. Aos respectivos parâmetros, foram atribuídas pontuações correspondentes à categoria de sua condição ambiental, onde 0 indica uma condição deficiente; 2 dispõe de uma condição intermediária; e 4 condição boa ou propícia do ambiente. A soma das pontuações permitiu a categorização do PAR nas condições ótima, boa, regular ou péssima. A média atribuída a bacia foi de 36 pontos, sendo que dos dez pontos, sete encontram-se na condição boa, dois na condição ótima e somente um regular.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES