SINAIS DA NATUREZA, PROFECIAS E PREVISÕES METEOROLÓGICAS NO SERTÃO DO PAJEÚ

Tiago Cargnin Gonçalves, Raimundo Daldenberg Pereira Bertino

Resumo


A valorização dos conhecimentos e saberes tradicionais vem ganhando espaço, nos últimos anos, nas Ciências Humanas em geral e na Geografia em particular. Dentre esses saberes, destacamos os que se fundamentam nos sinais da natureza para a elaboração de profecias e previsões meteorológicas, especialmente as que tratam da ocorrência de chuvas na microrregião do Sertão do Pajeú, em Pernambuco. Pretende-se discutir como são identificados e analisados esses sinais e fazer uma análise comparativa, confrontando as experiências dos profetas com dados oficiais de precipitação da região, com destaque para quatro municípios: Calumbi, Santa Cruz da Baixa Verde, Serra Talhada e Triunfo. Além de revisão bibliográfica, foram desenvolvidos outros dois
procedimentos metodológicos: i) entrevista com um agricultor considerado um profeta das chuvas do Sertão do Pajeú; e ii) levantamento de dados na página do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) relativos à precipitação nos municípios citados, no período de janeiro de 2009 a junho de 2017. As profecias e previsões dos profetas das chuvas do Sertão do Pajeú têm um alto índice de aproximação dos dados oficiais analisados, o que reforça a necessidade de valorização desses saberes, tendo em vista sua importância para a agricultura
camponesa e para a cultura da região.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES