PODER PÚBLICO E RESSIGNIFICAÇÃO: O PARQUE MADUREIRA NA TRANSFORMAÇÃO DA PAISAGEM CARIOCA

Pablo de Oliveira Carneiro

Resumo


Diante das obras estabelecidas na cidade do Rio de Janeiro para a realização dos Jogos Olímpicos 2016, o poder público em suas diferentes escalas buscou estabelecer suas narrativas que melhor justificassem os gastos
públicos e lhes capitalizassem politicamente. Nesse trabalho tomamos uma parte dessas obras, a construção do Parque Madureira, no subúrbio da cidade, como objeto para analisar a evolução e construção de um discurso
oficial por parte do poder público. O objetivo foi investigar como a Prefeitura, em sua multiplicidade de atores envolvidos, construiu uma série de discursos que transformam a forma como a paisagem do bairro e, consequentemente, da cidade são interpretadas. São antigos significados que são revistos, alguns revalorizados, outros invisibilizados e novos significados que surgem e buscam se estabelecer. Aqui três atores principais foram
analisados o engenheiro Mauro Bonelli, responsável pela obra, o arquiteto Ruy Rezende, responsável pelo projeto, e o canal oficial de divulgação dos dados das obras pelo youtube. Nesse sentido foi possível observar divergências entre os interlocutores, bem como o quanto seus discursos se cruzaram e se transformaram no processo de construção do discurso oficial da Prefeitura.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES