R-EXISTÊNCIAS SOCIAIS PELA VIDA: CAMPONESAS E CAMPONESES DO QUE HOJE É SUAPE (BRASIL) E DAS ZONAS DE RESERVA CAMPONESAS (COLÔMBIA)

Beatriz Barbosa

Resumo


O livro R-existências sociais pela vida: camponesas e camponeses do que hoje é Suape (Brasil) e das Zonas de Reserva Camponesas (Colômbia), traz para a análise os conflitos instaurados nos territórios de Suape, em Pernambuco, e nas Zonas de Reserva Camponesas, localizadas na Colômbia. Por meio de uma proposta descolonial, são retratadas as r-existências dos povos agrários da América Latina, através de suas conquistas legais e de suas lutas por territórios de vida. Diante deste contexto, o presente trabalho, que tem como autora a geógrafa Mercedes Solá Pérez, ao apresentar a realidade dos camponeses/as do Brasil e da Colômbia, propõe a construção de novas epistemes que considerem a existência de outras formas de conhecimento.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.