O IMPERATIVO EPISTEMOLÓGICO DO ESPAÇO-TEMPO COMO DIMENSÃO ESTRUTURANTE DA REALIDADE

Avelar Araujo Santos Junior

Resumo


O espaço e o tempo são categorias básicas da existência humana de maneira que se torna possível alcançar as suas qualidades objetivas a partir das práticas e processos materiais que constituem a vida social. Neste sentido, tomamos o espaço socialmente produzido como uma totalidade em contínuo movimento no qual o imbricamento entre múltiplas determinações políticas, econômicas, culturais, ambientais e ideológicas forma a complexidade das suas estruturas sociais. Na reprodução desse movimento dialético cada geração modifica as antigas circunstâncias recorrendo às rupturas e descontinuidades das estruturas precedentes, como também, dando vivacidade às relações de produção e às contradições que lhes são imanentes, tal como, a estruturação da sociedade em classes sociais distintas e, predominantemente, antagônicas. Tendo em vista essa complexidade anlítica, este artigo apresenta um conjunto de reflexões a respeito das possibilidades teóricas e metodológicas que circundam a dimensão espaço-tempo, desde a perspectiva epistemológica da Geografia.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.