ESTUDO GEOMORFOLOGICO EM CAVERNAS DE ARENITO DA AMAZÔNIA PARAENSE

Luciana Martins Freire, Joselito Santiago de Lima, Cesar Ulisses Vieira Veríssimo, Edson Vicente da Silva

Resumo


Na região Amazônica, rica em feições geomorfológicas resultantes da interação sistêmica de elementos da natureza, ocorrem muitas cavernas em arenitos. Como exemplo, tem-se a Província Espeleológica Altamira-Itaituba (estado do Pará), situada na faixa de contato dos domínios geológicos da bacia sedimentar do Amazonas e do embasamento cristalino do complexo Xingu. Nesse sentido, o estudo proposto, com base na análise geossistêmica da paisagem, apresenta uma ampliação dos estudos sobre carste em rochas não carbonáticas, contribuindo para os estudos espeleológicos no Brasil. A estrutura geológica das cavernas da Província apresenta-se notadamente em arenitos friáveis da For¬mação Maecuru, pertencente ao Grupo Urupadi. Os processos que envolvem a formação das cavernas estão associados principalmente à ação mecânica da água (erosão hídrica), embora a ação química da água apresente papel fundamental na dissolução intergranular.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES