ETNOGEOMORFOLOGIA SERTANEJA: SABERES TRADICIONAIS DA AGRICULTURA FAMILIAR SOBRE OS PROCESSOS MORFOESCULTURADORES DA PAISAGEM E O SEU USO E MANEJO DO SOLO NO MUNICÍPIO DE JARDIM - CE

Maria Rayssa Vieira Antunes, Simone Cardoso Ribeiro

Resumo


A Etnogeomorfologia é uma vertente da Geomorfologia que busca identificar as percepções ambientais de cunho geomórfico advindas dos saberes vernaculares das comunidades que tem base de produção familiar. Esse trabalho objetiva analisar os etnoconhecimentos sertanejos do semiáriodo nordestino acerca dos processos morfoesculturadores que modelam a paisagem, como são classificadas as formas de relevo produzidas e como estes atores aplicam esses saberes no uso e manejo do solo. Inicialmente foi realizado o levantamento de dados geoambientais e posteriormente realizadas entrevistas com membros de três comunidades agropastoris do município de Jardim/Ceará. Foi feita a análise dos dados obtidos e constatado que eles têm um vasto conhecimento sobre os processos geomórficos exógenos, e usam esses saberes para adaptar as suas atividades no campo. Conclui-se que a Etnogeomorfologia pode assumir um papel importante nos projetos de ordenamento territorial, pois resgata conhecimentos tradicionais efetivamente utilizados pelos prncipais agentes de mudanças espaciais das áreas rurais sertanejas, os produtores familiares, podendo ainda ser relacionada com os conhecimentos acadêmicos buscando assim um melhor diálogo com estas comunidades em busca de um desenvolvimento local mais eficiente.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES