ATRIBUTOS QUÍMICOS DE COBERTURAS SUPERFICIAIS E SUAS CORRELAÇÕES COM PALEOSUPERFÍCIES FLUVIAIS HOLOCÊNICAS NO BAIXO PARAÍBA DO SUL (RJ)

André de Oliveira Souza, Archimendes Perez Filho

Resumo


O trabalho integra os estudos que vêm sendo desenvolvidos em duas áreas do sudeste brasileiro, cujo objetivo é tecer relações entre as coberturas superficiais associadas a baixos terraços fluviais, fluviomarinhos e marinhos com pulsações climáticas holocênicas. Foram avaliados valores de CTC e V% de 10 amostras de coberturas superficiais coletadas em níveis de baixos terraços fluviais no baixo Paraíba do Sul, a fim de investigar correlações entre parâmetros químicos e a geocronologia dos ajustes fluviais conduzidos por pulsos climáticos holocênicos. Os resultados sugerem que as técnicas para correções de acidez dos solos influenciaram nos valores de CTC e de V% das amostras coletadas, inviabilizando correlações geocronológicas com paleosuperfícies fluviais. Assim, os resultados não sustentam que parâmetros químicos possam ser utilizados como marcadores de ajustes no sistema fluvial, embora aspectos geomorfológicos dos baixos terraços indiquem episódios de entrincheiramento e deposição.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES