CARACTERISTICAS DA PESQUISA EM GEOMORFOLOGIA FLUVIAL BRASILEIRA ENTRE OS ANOS 2000-2017: EVOLUÇÃO E ÁREAS DE INTERESSE

Mariana de Oliveira Henriques, Rochele Tambosi da Silva, Pedro Pádua Chagas, Filipe Tadashi Rodrigues Oura, Gabriel Ferreira de Oliveira, Raphael Nunes de Souza Lima, Mônica dos Santos Marçal

Resumo


No trabalho buscou-se conhecer melhor o desenvolvimento do campo de atuação da geomorfologia fluvial e, analisar as tendências de publicação no ramo nacional. A partir das revistas selecionadas, foi analisada a evolução da distribuição espacial das universidades onde se originaram os trabalhos; a região onde se localizam as áreas de estudos; e por fim, analisadas as escalas temporais (milenar, secular ou tempo presente) e espaciais das pesquisas. Foram classificadas as principais áreas de interesse dentro da geomorfologia fluvial que vêm sido pesquisadas no panorama nacional. Para isso, foi feita uma planilha no software Excel, tendo como base o recorte de dados referente à Revista Brasileira de Geomorfologia (RBG) e à Associação Brasileira de Recursos Hídricos (ABRH), sendo classificadas atualmente ambas como B2, no conceito Qualis da Capes. Os resultados vêm abordando análises sobre sistemas fluviais, processos de erosão e transporte e deposição de sedimentos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES