GEOMORFOLOGIA DE DUNAS COSTEIRAS PRIMÁRIAS E SECUNDÁRIAS DETERMINADAS POR IMAGENS DE ALTA RESOLUÇÃO

Guilherme Borges Fernandez

Resumo


Dunas costeiras apresentam padrões morfológicos bastente diversos, influenciados por fatores como efeitos de obstáculos como por exemplo a vegetação ou então as formas se definem livremente a partir dos processos de transporte e deposição. Dessa forma, diferentes trabalhos tem com relativo sucesso, classificar morfologicamente as dunas observadas ao longo da costa. De forma relativamente simples, dunas formadas a partir do transporte de sedimentos a partir da praia e depositados no pós praia são consideradas dunas primárias. A partir desta primeira formação, a ação subsequente do vento acaba gerando dunas secundárias. Neste trabalho foram mostrados os avanços que novas tecnologias associadas a levantamentos aerotransportados obtidos por veículos aéreos não tripulados (VANT), permitiram uma avaliação morfológica mais detalhada das nuances que a ação do vento registrou em dunas primárias e secundárias. Os resultados mostraram que a utilização dos dados do VANT, processadas por métodos tradicionais de aerofotogrametria permitiram a interpretação de diferentes formas de relevo, anteriormente mascaradas ou inexistentes em relação a interpolação de dados altimétricos obtidos por GPS geodésico. De maneira geral, pode-se concluir que para feições geomorfológicas com alta complexidade morfológia, como dunas costeiras, a utilização do VANT se mostra ainda uma fronteira a ser explorada.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES