SENSORIAMENTO REMOTO APLICADO EM INDICADORES DE DESERTIFICAÇÃO NO MUNICIPIO DE PARELHAS – RN

Paulo Igor de Melo Albuquerque, João Paulo Bezerra Rodrigues, Filipe da Silva Peixoto, Mateus de Paula Miranda

Resumo


Este estudo buscou caracterizar e mapear áreas onde há  processo desertificação se encontra mais avançado em Parelhas. Para isso, foram utilizadas imagens de satélite Landsat - 8, sensor OLI. As imagens onde são datadas de 29/09/2016 e 12/06/2017, correspondendo ao período seco, e final do período chuvoso, respectivamente. Foi realizado procedimento de Pré–processamento: correção radiométrica e fusão de bandas para o refinamento da resolução espacial para 15 metros. Na etapa processamento foi aplicado  o Normalize Difference Vegetation Index – NDVI para identificar as áreas de maiores atividades fotossintéticas da vegetação, e assim, mensurar o potencial fitoestabilizador no ambiente. Para calibração da classificação da imagem, foram realizadas análises pontuais de 9 pontos de controle que possuiam diferentes valores de NDVI. Foram identificadas áreas em avançado processo de desertificação que permitiu a vetorização e mapeamento. Outros setores onde que a reposta do NDVI foram consideradas mediana a alta  (>0,21) foi reconhecido o papel fitoestabiliador da vegetação, impedindo que haja uma alta taxa de erosão e retirada das camadas e horizontes superficiais. A metodologia aplicada pode ser direcionada para áreas diversas para refinar informações sobre a desertificação, além do monitoramento e subsídios para políticas de recuperação ambiental em áreas estratégicas para contenção.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES