VARIABILIDADE DECADAL DA PRECIPITAÇÃO E TEMPERATURA MÍNIMA DO AR VISANDO O DESENVOLVIMENTO AVÍCOLA EM SÃO BENTO DO UNA - PE, BRASIL

Raimundo Mainar de Medeiros

Resumo


A precipitação é a variável climática de maior importância e com a maior variabilidade espaço temporal, em particular na região semiárida. Além das oscilações diárias, a temperatura do ar varia também ao longo do ano e o ser humano e animal tenta se adaptar as suas flutsuaões. Objetiva-se analisar a variabilidade decadal utilizando-se de séries temporais da precipitação e temperatura mínima do ar visando como base à crise hídrica no município de São Bento do Una. Os dados pluviométricos foram adquiridos da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste e da Agencia Pernambucana de Água e Clima,  compreendido entre os anos de 1920 a 2016. Utilizou-se de cálculos simplificados estatisticamente para definir, média, desvio padrão, coeficiente de variância, máximos e mínimos valores absolutos ocorridos, definiu-se a quadra chuvosa e seca. Os valores da temperatura mínima do ar foram estimadas pelo software Estima_T para o mesmo período da precipitação. A importância desse estudo em gerar subsídios para criação de medidas mitigadoras para a área de estudo em relação à avicultura, agropecuária, armazenamento e represamento de água e a população em geral. As contribuições locais como Zona de Convergência Intertropical, atuaram com intensidade e provocaram em suas maiorias chuva acima da normalidade em algumas décadas, registrando-se desastres de moderada a intensa proporção.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES