CONSIDERAÇÕES SOBRE AS PAISAGENS SEMIÁRIDAS E OS ENCLAVES SUBÚMIDOS DO NORDESTE SECO – UMA ABORDAGEM SISTÊMICA

Elânia Daniele Silva Araújo, Jonas Otaviano Praça de Souza, Célia Cristina Clemente Machado

Resumo


O semiárido brasileiro apresenta uma diversidade paisagística, proporcionada a partir do desenvolvimento de uma variedade de formas que junto com a geologia, geomorfologia, clima, solos e vegetação propiciará a formação de diversos habitats. As paisagens semiáridas variam entre chapadas, maciços e serras baixas, planaltos, depressões e enclaves subúmidos. Baseada na abordagem sistêmica, na análise da paisagem e nos sistemas ambientais físicos, buscou-se fazer uma análise bibliográfica sobre as paisagens semiáridas e a importância das áreas de exceção dentro do semiárido brasileiro, por serem geralmente lugares com caatinga arbórea e densa, bem como pela sua importância para a população, pois impulsionam a economia local, a partir do desenvolvimento de atividades agrícolas. Constatou-se que o semiárido brasileiro apresenta uma variação paisagística, a interação entre os seus elementos abióticos, proporcionará diferentes arranjos vegetacionais, que darão margem para essa diversidade. Os enclaves subúmidos se destacam como áreas de grande importância, tanto do ponto de vista ecológico, quanto do ponto de vista social, o acaba desencadeando uma problemática relacionada a preservação e conservação desses lugares, para tanto, é necessário que haja medidas de gestão e análises para que possam ser desenvolvidas políticas de proteção as feições naturais e/ou culturais presentes no local.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES