O PAPEL E IMPORTÂNCIA DA CIÊNCIA GEOGRÁFICA ENQUANTO FERRAMENTA DE EMANCIPAÇÃO SOCIAL: O CONTEXTO ESCOLAR

Émerson Dias De Oliveira, Tamila Eduarda Souza, Milena Ferreira Almeida, Halana Rafaela Rocha Tavares

Resumo


A disciplina de Geografia tem sua construção social já datada desde o século XIX na Europa, a qual esteve a serviço da unificação nacionalista daqueles Estados-Nação. No Brasil a Geografia também fio utilizada por seus diversos governantes, desde o período imperial, para instituir uma unidade nacional. Portanto, esta ciência historicamente esteve ligada aos propósitos de uma elite dominante que buscava a perpetuação do seu poder tanto em nível nacional quanto internacional. Assim, ao longo deste estudo se reflete o surgimento e consolidação da Geografia enquanto disciplina singularizada, um esforço que também se deu no meio escolar. O intento ao final do estudo busca trazer à tona a importância que a Geografia escolar apresenta na atualidade enquanto uma ferramenta de interpretação do espaço, situando os sujeitos sociais acerca do seu papel e lugar no mundo. A abordagem aqui levantada questiona também necessidade de entender a Geografia enquanto uma construção social única e enviesada em uma perspectiva totalitária, isto é, um entendimento do espaço geográfico enquanto uma sobreposição de inúmeras possibilidades sociais, compreensão esta que supera as visões fragmentadas e até tendenciosas na qual a Geografia esteve submetida até meados do século XX.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.