APLICAÇÃO DE ÍNDICES MORFOMÉTRICOS EM ESCALA DE DETALHE PARA CARACTERIZAÇÃO MORFOTECTÔNICA NA FOLHA ITAPOROROCA 1:25.000, PARAÍBA – BR

Alexandre dos Santos Souza, Larissa Fernandes de Lavor

Resumo


As técnicas de morfometria, quando empregadas no estudo do relevo e na rede de drenagem fluvial, permitem inferir sobre os aspectos estruturais que influenciam na configuração de feições morfoestruturais presentes em diferentes bases litológicas. Este trabalho demonstra como aplicar, em carta topográfica de 1:25.000, digitalizada e vetorizada em um sistema de Computer-Aided Design, os índices morfométricos de Razão Fundo/Altura de Vale (RFAV), Fator Assimétrico (FA) e perfis topográficos. As técnicas aplicadas possibilitam apresentar resultados qualitativos e quantitativos que, combinados, resultam em informações detalhadas sobre padrões morfoestruturais presentes no relevo, os
quais só podem se registrar por meio de estudos particularizados e com escala de detalhe. No caso específico deste trabalho, registraram-se os principais padrões morfoestruturais existentes na área da folha Itapororoca 1:25.000 (SB.25-Y-A-V-4-NO), borda oriental do estado da Paraíba, entre os quais estão:
canais retilíneos, inflexões abruptas, vales assimétricos, entre outros. Os resultados obtidos corroboram outras pesquisas que revisam a concepção ultrapassada de que a plataforma continental brasileira é passiva, demonstrando a presença conspícua da atuação morfotectônica na configuração do relevo brasileiro.

Palavras chave: Carta Topográfica, Morfometria do relevo, Morfotectônica, Rede de drenagem.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.