POTENCIAL DE USO DO SOLO URBANO EM CIDADE MÉDIA: Uma análise da Cidade de Montes Claros/MG

Carla Milena de Moura Laurentino, Marcos Esdras Leite, Lucas Augusto Pereira da Silva, Samuel Carlos Santos Marques

Resumo


O crescimento populacional das cidades tem provocado o uso demasiado do solo urbano. Este uso atrelado à especulação imobiliária ocasiona diversos problemas ambientais, sobretudo no que tange à retirada da vegetação natural. Este trabalho propôs analisar o potencial de uso do solo urbano da Cidade de Montes Claros, no Norte de Minas Gerais. Para essa análise, dotou-se do uso de técnicas de sensoriamento remoto e sistemas de informações geográficas. O mapeamento destacou que áreas não adequadas para uso residencial, estão sendo utilizadas para atender os interesses da especulação imobiliária e de moradores de alta renda, originando condomínios de alta renda. Este trabalho trouxe, com o uso das geotecnologias, informações importantes no ordenamento do uso do solo urbano, notadamente em cidades com crescimento populacional.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.