Qualidade de Vida e Urbanização: Uma Análise a partir do “Centro” da Cidade do Recife/PE

Ítalo César Moura Soeiro, Sara Nathaly Brasil de Andrade Ferreira, Robson Soares Brasileiro

Resumo


Os estudos relacionados à qualidade de vida urbana vêm se intensificando, isso devido a vários entraves vivenciados nesse espaço, como: a violência, a baixa rede de saneamento básico, as péssimas condições de mobilidade entre tantas outras. O caos urbano está constantemente relacionado à falta de planejamento urbano e crescimento desordenado das grandes cidades entre outros fatores. Na atualidade, a cidade é vista como lócus da produção do capital e sua dinâmica combinada e desigual, em outras palavras uma produção do espaço que visa à acumulação do capital em beneficio de uma pequena minoria.  Esse cenário não é diferente na produção do espaço urbano da cidade do Recife, haja vista, que segue a mesma dinâmica das demais metrópoles do país. O objetivo deste artigo é realizar uma análise sobre alguns entraves destacados por entrevistados no centro da cidade do Recife, apontados como prejudiciais a melhoria da qualidade de vida. Ao diagnosticar esses aspectos, foi possível identificar a sua relação com a configuração espacial e as estruturas urbanas da cidade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

  

Dialnet

 

 

 

 

Revista MOVIMENTOS SOCIAIS E DINÂMICAS ESPACIAIS

Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); Telefone: +55 (81)2126-7372; E-mail: revistamsde@gmail.com

Recife - Pernambuco - Brasil

 

 Licença Creative Commons

 A Revista Movimentos Sociais e Dinâmicas Espaciais foi licenciada com uma Licença Creative Commons