Uma análise da inserção do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Distrito de Itambí/ Itaboraí-Rj e suas implicações no contexto socioambiental

Graziella Marquezino, Joel de Araújo

Resumo


No distrito de Itambí em Itaboraí-RJ, dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) de Guapimirim, existe uma comunidade que mora na região há mais de 40 anos, destacando-se os caranguejeiros e pescadores, população essa caracterizada como tradicional. Entretanto, essa comunidade será des-re-territorializada, através de projetos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal, que visa à construção de um Conjunto Habitacional para a sua realocação, porém, discute-se se esta mudança está adequada à realidade cultural e econômica da referida comunidade. Diante de tal problemática, a pesquisa propôs como objetivo central, analisar os possíveis impactos promovidos à comunidade de Itambí, no que se refere aos contextos: socioambientais, a partir da realocação dessa comunidade. Como metodologia utilizou-se o questionário semi-estruturado, seguido de entrevista. A população de estudo foi constituída de atores físicos e jurídicos. Através dos resultados obtidos na pesquisa, constatou-se que a comunidade da Bacia está sendo submetida a um processo de dilaceração social, cultural, econômica e ambiental, imposta pelo Poder Público, através de projetos que negligenciam a participação e o interesse popular.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

  

Dialnet

 

 

 

 

Revista MOVIMENTOS SOCIAIS E DINÂMICAS ESPACIAIS

Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); Telefone: +55 (81)2126-7372; E-mail: revistamsde@gmail.com

Recife - Pernambuco - Brasil

 

 Licença Creative Commons

 A Revista Movimentos Sociais e Dinâmicas Espaciais foi licenciada com uma Licença Creative Commons