Notas preliminares sobre políticas públicas e espaços turísticos em Oiapoque/AP-Brasil

Rubio José Ferreira, Célia dos Santos Narciso

Resumo


CCom o objetivo de contribuir para o debate em torno do planejamento e da gestão do turismo em Oiapoque, no estado no Amapá, a pesquisa desenvolvida no âmbito do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) partiu do pressuposto de que é preciso conhecer o real para planejar o ideal desejado e, assim, avançar no sentido de mudanças positivas que alcancem todos os grupos sociais. Com caráter explicativo, a pesquisa que foi baseada nos conceitos e categorias de análise espacial, dinâmicas espaciais e políticas públicas dá conta que no tocante ao turismo, que tem como base o deslocamento de pessoas, preponderantemente para fins de lazer e descanso, demanda um conjunto de infraestruturas, para o que as políticas públicas exercem papel relevante. Embora haja alguma articulação das ações dos governos no sentido de alavancar o turismo em Oiapoque, precisa-se criar mecanismos que tornem o turismo naquele lugar um dos instrumentos para o desenvolvimento local. Do contrário, os espaços turísticos de Oiapoque continuarão sendo excludentes.


Palavras-chave


Turismo; Oiapoque; Políticas Públicas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

          

         

    

 

 

 

 

REVISTA MOVIMENTOS SOCIAIS E DINÂMICAS ESPACIAIS (ISSN: 2238-8052)

Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Departamento de Ciências Geográficas, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Cidade Universitária, Av. Prof. Moraes Rego, n. 1235, CEP: 50670-901, Recife, Pernambuco, Brasil

Tel.: +55 (81)2126-7369

E-mail: revistamsde@gmail.com

 

 Licença Creative Commons

 A Revista Movimentos Sociais e Dinâmicas Espaciais foi licenciada com uma Licença Creative Commons