Quem tem o direito de morar? Desenvolvimento urbano e interesses de classe na cidade de Arapiraca-AL

Rodolfo José Oliveira Lima

Resumo


Este trabalho tem por objetivo discutir o fenômeno de urbanização pelo qual a cidade de Arapiraca-AL vem passando a partir de uma área em especial: as imediações do açude do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), atualmente rebatizado de “Lago da Perucaba”. Nessa área, famílias tradicionais de pescadores estão sendo ameaçadas de expulsão de seu local de moradia e sustento para dar lugar a um hotel de luxo que faz parte do empreendimento "Perucaba Bairro Planejado". Pretende-se mostrar que a urbanização da área está inserida em toda uma lógica de desenvolvimento capitalista que se apropria (e expropria) do espaço como forma de garantir a sua reprodução/acumulação. Para orientar esse debate, será feita uma discussão sobre o que é o espaço e a habitação no sistema capitalista, como pressuposto necessário para a compreensão da realidade.


Palavras-chave


Arapiraca; Urbanização; Espaço; Habitação; Interesses de classe

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

          

         

    

 

 

 

 

REVISTA MOVIMENTOS SOCIAIS E DINÂMICAS ESPACIAIS (ISSN: 2238-8052)

Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Departamento de Ciências Geográficas, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Cidade Universitária, Av. Prof. Moraes Rego, n. 1235, CEP: 50670-901, Recife, Pernambuco, Brasil

Tel.: +55 (81)2126-7369

E-mail: revistamsde@gmail.com

 

 Licença Creative Commons

 A Revista Movimentos Sociais e Dinâmicas Espaciais foi licenciada com uma Licença Creative Commons