Lutas urbanas no Cais Mauá e na Avenida Paulista: metodologia qualitativa para compreensão de transformações no espaço público das cidades

Sérgio Carvalho Benício de Mello, Antonio Fagner da Silva Bastos, Carlos César de Oliveira Lacerda

Resumo


As cidades estão em constante transformação. Mudanças que afetam direta ou indiretamente a vida de seus habitantes. Estes, cientes ou não, atuam para moldar o ambiente urbano conforme suas preferências. Assim, partindo do pressuposto que a construção da realidade metropolitana se dá através das disputas políticas entre os atores citadinos, o artigo tem o objetivo de propor um delineamento metodológico para análise de transformações urbanas com base na Teoria do Discurso de Laclau e Mouffe, visando apontar diretrizes que possam guiar novos trabalhos, de cunho qualitativo, que busquem estudar transformações nas cidades e como estas se deram por meio de construções discursivas de grupos conflitantes. A metodologia proposta colabora para o entendimento de como uma política pública, um movimento social ou uma organização informal é capaz de modificar uma condição posta já hegemonizada. São usados dois exemplos ilustrativos, em São Paulo e no Rio Grande do Sul, de como a metodologia foi aplicada para se estudar lutas políticas urbanas.


Palavras-chave


Discurso, Políticas Públicas, Cidades

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.46802/rmsde.v9i1.241605

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

          

         

    

 

 

 

 

REVISTA MOVIMENTOS SOCIAIS E DINÂMICAS ESPACIAIS (ISSN: 2238-8052)

Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Departamento de Ciências Geográficas, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Cidade Universitária, Av. Prof. Moraes Rego, n. 1235, CEP: 50670-901, Recife, Pernambuco, Brasil

Tel.: +55 (81)2126-7369

E-mail: revistamsde@gmail.com

 

 Licença Creative Commons

 A Revista Movimentos Sociais e Dinâmicas Espaciais foi licenciada com uma Licença Creative Commons