A relação sociedade e natureza na transformação da paisagem urbana no processo de verticalização no bairro do Hipódromo, Recife/PE

Áurea Nascimento de Siqueira Mesquita, André Dos Santos, André Felipe de Oliveira Silva, Tiago Fernando de Holanda, Valéria Sandra de Oliveira Costa

Resumo


 As transformações da paisagem urbana vêm contribuindo para uma nova conjuntura estrutural dentro do espaço urbano. O bairro do Hipódromo, localizado na cidade do Recife, inserida na Região Metropolitana do Recife - RMR, tornou-se uma Zona Especial de Preservação do Patrimônio Histórico – Cultural (ZEPH), de acordo com a legislação de conservação desde 1979. Diante disto, o objetivo desta pesquisa, é analisar a relação sociedade e natureza na produção do espaço através da transformação no bairro do Hipódromo, contribuindo para compreender o processo de verticalização inicial através das transformações territoriais dentro desse ambiente. Neste caso, a complexidade diante do espaço e das transformações implica em uma produção social que se mercantiliza através do capital que gerencia os espaços urbanos, através dos elementos da paisagem, que predomina a desigualdade social, através da conjuntura instalada entre o ambiente e a qualidade de vida.


Palavras-chave


Ambiente, Impactos ambientais, Áreas verdes, Verticalização



DOI: https://doi.org/10.46802/rmsde.v9i2.244307

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

          

         

    

 

 

 

 

REVISTA MOVIMENTOS SOCIAIS E DINÂMICAS ESPACIAIS (ISSN: 2238-8052)

Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Departamento de Ciências Geográficas, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Cidade Universitária, Av. Prof. Moraes Rego, n. 1235, CEP: 50670-901, Recife, Pernambuco, Brasil

Tel.: +55 (81)2126-7369

E-mail: revistamsde@gmail.com

 

 Licença Creative Commons

 A Revista Movimentos Sociais e Dinâmicas Espaciais foi licenciada com uma Licença Creative Commons