Cartografias da pandemia: reflexões sobre a produção de mapas no enfrentamento da COVID-19

Anselmo Cesar Vasconcelos Bezerra, Emerson Soares dos Santos, Fernando Ramalho Gameleira Soares

Resumo


O objetivo desta reflexão é apresentar uma discussão sobre a produção cartográfica durante a Pandemia de COVID-19. Para tanto, realizou-se um breve resgate sobre o uso dos mapas no campo da saúde pública, destacando a importância do rigor técnico-científico na construção desses insumos estratégicos à tomada de decisão. Assim, exemplificamos os riscos da construção de mapas sem critérios adequados, seja porque geram leituras equivocadas por parte da população em geral, ou porque influenciam decisões importantes, no contexto da Pandemia. Conclui-se que com o avanço da tecnologia e a disponibilidade massiva de informações, a produção de mapas se popularizou em vários segmentos da sociedade. Entretanto, a confecção desses produtos deve se basear nos princípios básicos da cartografia para que o mapas sirvam, de fato, para auxiliar no enfrentamento da Pandemia da COVID-19.

Palavras-chave


Novo Coronavírus; Geografia da Saúde; Saúde Pública

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.46802/rmsde.v9i2.248588

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

          

         

    

 

 

 

 

REVISTA MOVIMENTOS SOCIAIS E DINÂMICAS ESPACIAIS (ISSN: 2238-8052)

Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Departamento de Ciências Geográficas, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Cidade Universitária, Av. Prof. Moraes Rego, n. 1235, CEP: 50670-901, Recife, Pernambuco, Brasil

Tel.: +55 (81)2126-7369

E-mail: revistamsde@gmail.com

 

 Licença Creative Commons

 A Revista Movimentos Sociais e Dinâmicas Espaciais foi licenciada com uma Licença Creative Commons