Impactos da Pandemia do Covid-19 para a inclusão produtiva de agricultores familiares no Tocantins: estudo de caso na COOPRATO

Diego Neves de Sousa, Maria Eduarda Ribeiro de Jesus, Keile Aparecida Beraldo

Resumo


Os agricultores familiares e seus empreendimentos coletivos são importantes atores para manter o adequado abastecimento alimentar junto à população. Diante disso, o objetivo deste trabalho foi analisar os impactos da pandemia do Covid-19 para a inclusão produtiva de agricultores familiares no Tocantins através de um estudo de caso na Cooperativa Agroindustrial do Reassentamento Córrego Prata (Cooprato). Nos procedimentos metodológicos utilizou-se de uma revisão bibliométrica para mapear os estudos sobre experiências inovadoras na agricultura familiar e também de entrevista semiestruturada que foi realizada com a presidente da Cooprato. Os resultados apontam que as vendas da agricultura familiar caíram pela metade devido ao coronavírus e, em decorrência disso, os agricultores estão buscando mercados alternativos para superar as dificuldades de comercialização impostas pela pandemia.


Palavras-chave


Agricultura familiar; Experiências inovadoras; Políticas públicas; Desenvolvimento rural; Coronavírus.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.46802/rmsde.v10i1.248825

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

          

         

    

 

 

 

 

REVISTA MOVIMENTOS SOCIAIS E DINÂMICAS ESPACIAIS (ISSN: 2238-8052)

Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Departamento de Ciências Geográficas, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Cidade Universitária, Av. Prof. Moraes Rego, n. 1235, CEP: 50670-901, Recife, Pernambuco, Brasil

Tel.: +55 (81)2126-7369

E-mail: revistamsde@gmail.com

 

 Licença Creative Commons

 A Revista Movimentos Sociais e Dinâmicas Espaciais foi licenciada com uma Licença Creative Commons