A PROFISSÃO DOCENTE NAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE PROFESSORES INICIANTES DO ENSINO MÉDIO

Mayara Cristina Corrêa da Silva, Laêda Bezerra Machado

Resumo


Introdução: Este trabalho tem como objetivo compreender as representações sociais da profissão docente construídas por professores do ensino médio em início de carreira. O referencial teórico utilizado foi a Teoria das Representações Sociais, na perspectiva societal de W. Doise (2002). Representações sociais são formas de explicação da realidade, construídas na confluência dos diversos saberes adquiridos pelas pessoas. Elas são partilhadas e orientam as práticas e comportamentos. Conforme Cericato (2016) as profissões emergem no contexto social, são dinâmicas e requerem competências formais, adquiridas através de formação. Reconhecer a docência como profissão implica em considerar os critérios: base de conhecimentos consolidada, interesse coletivo acima dos individuais e trabalho remunerado.

Texto completo:

PDF

Referências


CERICATO, I. L. A profissão docente em análise no Brasil: uma revisão bibliográfica.

Rev. Bras. Estud. Pedagog. (online), Brasília, v.97, n. 246, p. 273-289, maio/ago.

DOISE, W. Da psicologia Social e Societal. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 18, n.1, (p.27-35), 2002.

CAMARGO B. V. Alceste: um programa informático de análise quantitativa de dados textuais. In: MOREIRA, A. S. P. (Org.) Perspectivas teórico-metodológicas em representações sociais. João Pessoa: UFPB/Ed Universitária, 2005. p. 511-39.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Semana  Pedagógica ISSN 2595-1572 (on line)