CINEMA, CURRÍCULO E EDUCAÇÃO: POR UMA POSSIBILIDADE DE EXPERIÊNCIA ESTÉTICA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Simone Carvalho, Maria Thereza Didier Moraes

Resumo


Resumo: Esta pesquisa busca pensar o cinema como elemento formativo no Curso de Pedagogia. Apresenta uma reflexão realizada a partir de relatos de alunos, do curso de Pedagogia na Universidade Federal de Pernambuco, que vivenciaram um contato com o audiovisual através da disciplina “Currículo, Cinema e Educação”. A metodologia foi qualitativa e os relatos foram obtidos a partir de entrevistas com quatro estudantes que frequentaram a disciplina no segundo semestre de 2015. Os relatos de experiências, de situações significativas e dos momentos que marcaram esse contato com a linguagem cinematográfica nos possibilitaram apreender que a vivência na disciplina foi rica em experiências, pois todos os sujeitos sinalizaram para uma nova forma de perceber a utilização do cinema em sala de aula, enxergar uma forma de tratar da experiência estética, em especial no curso de formação de professores.

Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BERGALA, Alain. A hipótese-cinema. Pequeno tratado de transmissão do cinema dentro e fora da escola. Tradução: Mônica Costa Netto, Silvia Pimenta. Rio de Janeiro: Booklink - CINEADLISE-FE/UFRJ, 2008.

FRESQUET, Adriana (org.). Imagens do desaprender: uma experiência de aprender com o cinema. Rio de Janeiro: Booklink; CENEAD - LISE - FE/UFRJ, 2007. (Coleção Cinema e Educação).

LARROSA, Jorge. Notas sobre a experiência e o saber da experiência. Rev. Bras. Educ. [online]. 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n19/n19a02.pdf Acessado em: 16 de maio de 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Semana  Pedagógica ISSN 2595-1572 (on line)