HISTÓRIA DE VIDA DOS ALUNOS DA EJA: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Amanda Carla do Nascimento, Dayane Marques da Silva, Dayse Cabral de Moura

Resumo


Introdução: As histórias de vida constituem um valioso instrumento pedagógico e caminhos metodológicos no processo de ensino e aprendizagem na Educação de Jovens e Adultos, uma vez que contribui para a compreensão de valorização das especificidades que compõem a identidade desses sujeitos. Portanto questiona-se: qual a importância das histórias de vida dos alunos da EJA no seu processo identitário? Diante disso, objetiva-se explorar as histórias de vidas dos discentes e desenvolver experiências com gêneros textuais que intensifiquem o prazer pela leitura e escrita. Metodologia: Realizamos com os alunos uma leitura deleite do Poema “Meus Oitos Anos” de Cassimiro de Abreu. Explicamos o que é um poema, suas características e a Biografia do Autor. Antes de iniciar a leitura perguntamos o que eles acham que o poema vai retratar, e a partir do Título quais são as expectativas dos alunos para o texto. Iniciamos uma leitura da biografia da escritora Cora Coralina e cada aluno pode fazer sua própria biografia de vida. A escolha para construção de nossas aulas, foi baseada em levar para turma, os gêneros biografia e poesia e a partir deles trabalhar o sistema de escrita alfabética, por se tratar de uma turma de Educação de Jovens e Adultos.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, E. B.; LEAL, T. F. Alfabetização de Jovens e Adultos: Em uma Perspectiva de Letramento. Belo Horizonte: Autêntica, 2006. GIL, A. C. Como classificar as pesquisas. In: Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo, Atlas. 6° edição.2006 p. 41-47. ALBUQUERQUE, Eliana Borges Correia; LEAL, Telma Ferraz; MORAIS, Artur Gomes. Alfabetizar Letrando na EJA: Fundamentos Teóricos e Propostas Didáticas. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. 23. ed. São Paulo: Cortez, 1989.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Semana  Pedagógica ISSN 2595-1572 (on line)