A DANÇA E A MÚSICA AFRODESCENDENTE NO PROCESSO FORMATIVO PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA LEI 10639/03 NA PRÁTICA DOCENTE

Eliana Moreira da Costa, Liliana Luiz da Silva, Auxiliadora Martins

Resumo


O presente trabalho, objetiva apresentar o desenvolvimento do Projeto de Extensão “Clube da Música e da Dança Africana e Afrodescendente”, vinculado à PROEXT da Universidade Federal de Pernambuco, iniciado em Abril de 2017. O projeto inicialmente apoia-se tanto na Lei 10.639/03 como nas Diretrizes Curriculares Nacionais para o ensino da História e da Cultura Afro-brasileira e Africana, dessa forma as atividades são conduzidas de maneira que introduzam aos docentes, discentes de Pedagogia e também de Licenciaturas Diversas outra vivência dentro do processo de ensino/aprendizagem da cultura afrodescendente. A necessidade do combate à discriminação, ao preconceito e ao racismo anti-negro é facilmente percebida em diversos meios sociais, inclusive nos escolares. Nesses ambientes, especificamente, essa situação reflete a ausência de práticas escolares voltadas para compreensão histórica e valorização da pluralidade étnica brasileira. Esse déficit no sistema educacional ignora a própria estatística do país, já que o Brasil possui 47% de sua população total autodeclarante negra, enquanto na capital pernambucana esse número sobe para 63% (dados do CENSO IBGE 2000). Nesse cenário, portanto, compreende-se que a população que se encaixa na faixa etária de usuários da Educação Básica, é em sua maioria absoluta - de acordo com os dados acima - pertencente à etnia afrodescendente.  Dentro dessa perspectiva o projeto “Clube da Música e da Dança Africana e Afrodescendente” pretende colaborar tanto na construção quanto no reconhecimento das identidades étnicas dos/as estudantes em processo de formação.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL, Plano Nacional das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana, Brasília: SECAD; SEPPIR, Junho 2009.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 42º edição. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005

LEI 10.639/03. Altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira", e dá outras providências. Janeiro de 2009. Acesso em 23/10/2017. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/L10.639.htm

SILVA, Auxiliadora Maria Martins. Sociogênese do conceito de etnia negra na educação brasileira. Recife, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Semana  Pedagógica ISSN 2595-1572 (on line)