PEDRO DA SILVA PEDROSO: entre ser um déspota e desvairado ou um imortal e pai da Pátria – Pernambuco, 1823

Wanderson Édipo de França

Resumo


Pedro da Silva Pedroso atuou no cenário sócio-político pernambucano entre o fim do século XVIII e o início do XIX. Militar de carreira, pardo e de ânimos exaltados, ele teve papel de destaque na chamada Revolução Pernambucana de 1817. Em função de ter participado desse episódio, foi preso por alguns anos. Após ser solto, Pedroso capitaneou um levante que ficou conhecido como Pedrosada, em 1823. Embora emblemático, tal personagem foi pouco estudado pela historiografia. Nas linhas que se seguem, pretende-se expor alguns pontos de quem era o referido indivíduo e de sua atuação na vida pernambucana daquele tempo. Para tanto, a partir de investigações em escritos historiográficos e de análises documentais, buscou-se delinear aspectos da figura do dito personagem. E com isso se quis lançar luz na importância de Pedroso para a história de Pernambuco. Ao cabo disso, tendo analisado alguns aspectos da trajetória dele, percebe-se que também se está levantando questões como políticas raciais, identidade e participação popular em Pernambuco na época da Independência.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.