DO ESSENCIALISMO AO DESCONSTRUTIVISMO: um breve balanço das pesquisas brasileiras sobre homossexualidade e suas interseções com as categorias de corpo e gênero

Marcelo Henrique Gonçalves de Miranda, Rosane Maria Alencar da Silva

Resumo


Este texto retraça caminhos delineados por pesquisas sobre homossexualidade e suas interseções com corpo e gênero em estudos brasileiros, buscando evidenciar as orientações teóricas e metodológicas dessas pesquisas e situá-las no campo das Ciências Sociais. A busca da literatura teve como ponto de partida pesquisas pioneiras sobre a homossexualidade e, a partir desta busca inicial, a localização de estudos subsequentes em livros, artigos, teses e dissertações sobre a temática no campo das Ciências Sociais. Nossos resultados apontam, no que diz respeito às abordagens teórico-metodológicas, que há uma inteligibilidade social predominante das abordagens construtivista e desconstrutivista na compreensão da sexualidade e, com relação ao campo das ciências sociais, há uma maior concentração dos estudos na área antropológica, seguida pela sociologia e, por fim, pela psicologia social e sociolinguística.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427