EXCLUSÃO SOCIAL EM TEMPOS DE EPIDEMIA: Raça, classe e cidadania durante a Revolta da Vacina (Rio de Janeiro, 1904)

João Gomes Junior, João Pedro Santos da Silva

Resumo


Vivemos atualmente a pandemia de Sars-Cov2, ou COVID-19, que parou o mundo e chama a nossa atenção para as questões de raça e classe no enfrentamento da doença, que tem atingido com maior força populações em vulnerabilidade e historicamente marginalizadas em diversos países. Dessa forma, o objetivo deste artigo é, por meio de uma análise da crise sanitária ocorrida durante a Primeira República e o levante das classes pobres em 1904 no Rio de Janeiro no que ficou conhecido como “A Revolta da Vacina”, discutir temas como raça, classe e cidadania e proporcionar um novo olhar sobre a crise mundial atravessada atualmente, contribuindo assim com o aprofundamento da compreensão sobre as transformações e vivências desiguais nas relações no Brasil.


Palavras-chave


História; Medicina Social; Revolta da Vacina; COVID-19; Raça e classe.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 João Gomes Junior, João Pedro Santos da Silva

 

 

 

 

Indexadores e Bases bibliográficas:

                    

      

 

 

 

Programa de Pós Graduação em História - PGH UFRPE

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Rua Dom Manuel de Medeiros, s/nº

Dois Irmão, Recife, PE, CEP: 52171-010

Prédio Professor Ariano Suassuna (1º Andar) 

ISSN: 2525-6092

 

 

 

Licença Creative Commons

A Revista Rural & Urbano está licenciado com uma Licença Creative Commons