PEGA-PEGOU DA CADEIA ALIMENTAR: ABORDAGEM LUDICA PARA O ENSINO DE ECOLOGIA NO ENSINO MÉDIO

Bruno Vinicius Souza da Silva, Paloma Maria da Silva, Pedro Vitor Vieira da Cunha de Miranda

Resumo


aquilo que é aprendido em sala de aula, vem sido buscado cada vez mais, e com isso o presente trabalho tem como objetivo trazer uma atividade lúdica, Pega-Pegou da Cadeia Alimentar, no qual os alunos vão poder colocar em prática os conceitos básicos de Ecologia, Cadeia e Teia Alimentar; todos Assuntos de Ecologia. Para a execução da atividade será preciso confeccionar vários cartões como o nome “energia” para representar a mesma e 5 equipes serão formadas, cada uma Representando uma espécie que faz parte de níveis tróficos diferentes, sendo eles: Produtores (Plantas), Consumidor Primário (Coelho), Consumidor Secundário (Raposa), Consumidores Terciário (Leão), e parasitas, que pode se relacionar com qualquer consumidor. A Atividade consiste que cada indivíduo, menos os parasitas, consiga um saldo total de 8 energias existentes no fim cada rodada, que terá apenas 2 minutos, o saldo inicial de cada indivíduo de cada População varia: Consumidor Terciário – 2, Consumidor Secundário – 4, Consumidor Primário – 6. Os Produtores serão aqueles que terão toda a energia que será administrada na rodada e que também ficarão de maneira fixa no local da atividade. Os parasitas serão liberados na metade de cada rodada, e de suas vítimas ele pegará metade do saldo atual que elas estiverem no momento. As Trocas de Energia acontecem da seguinte forma: coelho pega 2 energias por produtor pego, raposa pega 2 energias por coelho pego, e leão pega 2 energias por raposa pega e 1 energia por coelho pego. Para Mantermos o Equilíbrio encontrado na natureza, a quantidade de participantes por população de cada nível trófico, do mais basal até o mais distante, será definida de forma gradativa, Exemplo: 8 produtores, 4 coelhos, 2 raposas e 1 leão. E o parasita com a mesma quantidade dos leões. No Fim de cada Rodada será feito o apuramento e veremos se o Equilíbrio permaneceu, ou se houve um desequilíbrio e qual as suas consequências como extinção de uma ou mais espécies; isso dependendo do caso será discutido, levando a uma contextualização significativa do assunto.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Av. Prof. Moraes Rego, 1235 - Cidade Universitária, Recife - PE, 50670-901.