JOGOS EDUCATIVOS EM SALA DE AULA PARA O ENSINO DE BIOLOGIA: UMA PROPOSTA PEDAGÓGICA FACILITADORA

Maria Júlia Carmem da Silva, Patrícia de Souza Cavalcante Carnaval, Eliemerson de Souza Sales

Resumo


O estágio supervisionado é uma etapa de fundamental importância para a formação do professor onde articula a teoria a pratica, conhecimento do campo de trabalho, conhecimento pedagógico, administrativos e também na organização do espaço escolar com o meio de conhecer a realidade escolar no ensino fundamental, médio ou em outra modalidade de ensino. Dessa forma o principal objetivo deste trabalho é aproximar a realidade escolar, para que o discente possa perceber os desafios que a carreira profissional irá lhe oferecer como também relatar as experiências vivenciadas no Estágio do Ensino de Biologia 4 da Universidade Federal de Pernambuco- UFPE. O estágio em questão foi realizado na Escola de Referência João Cavalcanti Petribu, localizada na cidade de Carpina. No que se refere ao público alvo, foram estudantes do 2º e 3º ano do Ensino Médio. Nas turmas do 2° ano foram ministradas aulas sobre Filo Mollusca, Filo Echinodermata, Anfíbios e Peixes, através de aula expositiva, utilização de recursos audiovisuais e atividades de fixação através de jogos de perguntas. Nas turmas do 3º ano, foi uma aula de revisão sobre Divisão Celular, Citologia, Evolução, Uso indevido de drogas e Ecologia, em que trabalhamos com a utilização de recursos audiovisuais e questões voltadas ao Enem. A utilização dos jogos educativos como recurso durante as aulas e o Datashow foi primordial para atender as expectativas esperadas pelos alunos durante as aulas, onde se mostravam bastantes curiosos. A partir das experiências foi possível perceber que a utilização de estratégias didáticas como jogos em sala de aula contribui para uma aprendizagem mais dinâmica para o ensino da biologia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Av. Prof. Moraes Rego, 1235 - Cidade Universitária, Recife - PE, 50670-901.