AS CONTRIBUIÇÕES DOS MODELOS DIDÁTICOS PARA O ENSINO DE BIOLOGIA: UMA EXPERIÊNCIA A PARTIR DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

Luana Leite de Lima, Patrícia de Souza Cavalcante Carnaval, Eliemerson de Souza Sales

Resumo


Este resumo, tem como objetivo relatar as experiências vivenciadas no Estágio em Ensino de Biologia 4 do curso de Licenciatura em Biologia da Universidade Federal de Pernambuco. As aulas do estágio foram desenvolvidas nas turmas do 1º do Ensino Médio na Escola de Referência em Ensino Médio Professora Amarina Simões situada na cidade Paulista. No que se refere as estratégias didáticas optou-se por utilizar a confecção de modelos didáticos, a partir dos conteúdos referentes à Histologia, ao qual se diz respeito ao estudo dos tecidos, onde montamos e ampliamos os tipos de tecidos através dos materiais: isopor, massa de biscuit e tinta. As turmas foram divididas em grupos e com base no tecido em questão, os alunos moldavam o seu arranjo com o uso dos recursos citados, organizando-o de acordo com a camada de células que compunham tal tecido e sua disposição no corpo humano. A inovação das estratégias didáticas e a inclusão de vários elementos dentro de uma perspectiva lúdica e composta por um conjunto de aulas práticas científicas possibilitam um melhor desenvolvimento diante de uma visão pedagógica inerente a criação de novos meios para propagar o conhecimento, de maneira que incentive a participação dos estudantes no processo de ensino aprendizagem. No entanto, é necessário que professor faça um planejamento para melhor organizar suas aulas teóricas, práticas e a ludicidade que será envolvida no contexto do aprendizado, uma vez que se atribui participar compreendendo os comportamentos dos educandos e oferecendo propostas facilitadoras para que as aulas reflitam em seu convívio social que se dá além de um ambiente limitado. A interação aluno-aluno e aluno-professor enriqueceu a construção do nosso conhecimento e proporcionou uma boa dinâmica com evidente elaboração através de recursos simples com o apoio do domínio de conteúdo e planejamento para a inovação com mecanismos que conduzem aulas reconhecidas por temáticas complexas que exigem do educador a criação de propostas que contemplam os variados níveis de complexidade e facilite a compreensão dos alunos de forma que eles possam associar as teorias às descobertas da prática em seu cotidiano. Neste sentido, a experiência proporcionou meu crescimento pessoal e profissional, onde foi preciso aderir outros métodos para uma melhor satisfação e um excelente aprendizado no EEB4.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Av. Prof. Moraes Rego, 1235 - Cidade Universitária, Recife - PE, 50670-901.